Arrecadação em outubro chega a R$ 153,9 bi e tem 3ª alta real seguida

26/11/2020

A arrecadação federal de impostos, contribuições e receitas federais totalizaram R$ 153,938 bilhões em outubro, segundo os dados divulgados pela Receita Federal. Descontada a inflação, a arrecadação de outubro representa o terceiro mês seguido de crescimento real (saldo de R$ 18,1 bilhões, já com desconto da inflação). Em comparação com setembro deste ano, houve um aumento expressivo de 27,37% no recolhimento de impostos. No mês passado, a arrecadação somou R$ 119,8 bilhões.

Comparado a outubro do ano passado, foi registrado aumento de 9,56%. No período acumulado de janeiro a outubro de 2020, a arrecadação alcançou o valor de R$ 1,18 bilhão. Em relação às receitas administradas pela Receita Federal, o valor arrecadado em outubro de 2020 foi R$ 146 bilhões, o que representa um aumento de 12,31% em comparação com o mesmo período do ano passado. Já no acumulado de janeiro a outubro de 2020 das receitas administradas pela Receita Federal, a arrecadação alcançou pouco mais de R$ 1,1 trilhão, registrando uma queda de 9,06% em comparação com igual período de 2019. 

O resultado do período acumulado sofreu forte influência da pandemia do novo coronavírus, com atrasos no recolhimento de impostos e contribuições que somaram R$ 48 bilhões no período acumulado. As compensações tributárias, que impactam a arrecadação de forma negativa, tiveram crescimento de 87% em outubro deste ano na comparação com outubro de 2019, já no acumulado foi registrado aumento de 57%. 



Fonte: R7